domingo, 7 de dezembro de 2008

*******Conversando com a dor*******

Conversando com a dor

D
or, o que você quer realmente de mim?

Já abri as portas do meu ser, deixei que se alojasse comodamente, servi minhas melhores iguarias, doei momentos e energias que nunca mais conseguirei recuperar.

Até agora não me disse o que quer, nem pra que veio e o que eu tenho que entender para não precisar mais de sua estranha companhia.

Será que eu preciso me recolher interiormente e fazer sala pra você, o tempo todo?

Será que preciso fechar os olhos para o mundo, fechar os ouvidos, ficar bem quietinha no silêncio do meu interior para encontrar quem verdadeiramente sou?

Será que preciso morrer em vida?

Você faz brotarem lágrimas das profundezas do meu ser. Choro porque você não me deixa viver a vida.

Deixe-me ser feliz, deixe-me viver, estou implorando.

O que quer mais de mim?
Não fala e nem se faz entender.
Como vou saber o que deseja?

Quer ocupar todo o espaço da minha existência?

Você tirou a minha privacidade, aonde vou tenho que levá-la comigo.

Suga minhas energias, tira meu raciocínio, minha concentração e me deixa sem alegria e sem vontade de viver.

Dor deixe-me ser livre para poder voar como um beija-flor, sentindo o perfume das flores, sugando o seu néctar e apreciando a beleza da natureza.

Eliane Santoro da Costa
Reflexão registrada

5 comentários:

Flavinha disse...

Poxa tia...Q reflexão sobre a dor!
Vc estará livre dessa dor, mais rápido do q possa imaginar!
BJossss
E sim, estou na metade do livro, é muito bom!
Assim q eu terminar, te empresto!
Já está lendo o q minha irmã levou?
BJosssss

Rufina disse...

Esta reflexão é linda mas eu odeio ela, pois sei o quanto de sofrimento está contida nela,por outro lado ela fez você fazer essa poesia maravilhosa, mas não vale, bjs.

bruxamarytsha disse...

Nossa, vc é poeta, menina que lindas suas poesias, adorei, beijocas

Luciana disse...

Oi Eliane, tu só errou o nome é Luciana e não Tatiana rsrsrs, mas isso acontece, já aconteceu comigo, vim agradecer a visita e o comentário sobre meu blog fico muito feliz que tu goste de filmes pois é a minha paixão e músicas também, e o filme A Espera de um Milagre não tinha como não postar as partes mais lindas do filme, ainda tem uma frase que eu vou postar mais para frente que mexeu muito comigo quando eu assisti a primeira vez, seja sempre bem vinda e sempre que eu puder eu apareço no teu blog.

Bjs e fica com Deus.

Anônimo disse...

Obrigado por intiresnuyu iformatsiyu