domingo, 17 de janeiro de 2010

******** Alertas da Vida ********


Alertas da Vida

Tantas guerras,
enchentes,terremotos,
gritam todos os dias,
mostrando em vários momentos,
o grau exagerado de importância
que damos a nossa problemática.

Contrastando com esses cenários,
idéias simples são sussurradas
aos nossos ouvidos e apresentadas
aos nossos olhos,trazendo-nos
ensinanças grandiosas.

São os pequeninos...
Tantos pequeninos...
Pequenino grão de areia,
pequenino grão de mostarda,
pequenina flor,
pequenino inseto,
pequenina gota no oceano,
pequenino ser...

Como escutaremos
suaves sussurros,
acostumados estamos
com acordes mais bruscos?

Como notaremos
mensagens tão sutis,
senão percebemos
a natureza gemendo,
rangendo,desmoronando
numa tentativa de nos alertar?

Eliane Santoro da Costa

Uma semana de reflexão e muita luz para todos!

13 comentários:

EVELIZE SALGADO disse...

Eliane!

Já estou em prontidão!

Bjooo

Canduxa disse...

Querida Eliane,

A Natureza grita e num brusco movimento destrói tudo o que o homem construiu.
Tempos difíceis, de dor e sofrimento, se vivem e sinto que vamos assistir a mais tragédias….que tenhamos força para assistir e continuar a caminhar.
A Natureza faz esta limpeza para que os que ficam possam caminhar com mais amor, compaixão e solidariedade. Que os seres que agora partiram sejam encaminhados para a luz e os que ficaram tenham forças para renascer e aprender de novo a sorrir.
Foi um lindo poema…que dá para fazer uma grande reflexão.

Beijinhos com muita luz

alegria de viver disse...

Minha querida amiga
Fizeste um poema de atenção de alerta, quando vamos acordar?
Ficou muito lindo apesar do tema, a sensibilidade está presente.
Obrigada pela sua disponibilidade em me escutar.
Com muito carinho BJS.

Pelos caminhos da vida. disse...

Está faltando é ORAÇÃO.

beijooo.

Sonhadora disse...

Minha querida
Uma chamada de atenção, em belo poema.
Lindo

beijinhos
Sonhadora

*Lisa_B* disse...

Amiga linda,

lindo e triste o poema...
Gostei mas em vez de reflectir já...vou continuar a rezar para os que carecem de ser salvos, para os que já partiram e sem qualquer dignidade foram enterrados, e para os que sofrem pelas almas que se perderam, familias destroçadas pela dor repentina.

Beijinhos com carinho

Silvana Nunes .'. disse...

Realmente é muito complicado. A natureza está sempre dando sinais, mas estamos tão ocupados no nosso mundo ilusório que não percebemos um palmo diante de nós.
É a resposta a tantos descasos por parte do homem.
Saudações Florestais !
http://www.silnunesprof.blogspot.com

Canduxa disse...

Querida amiga,

Quando puder passe no Mundo Colorido porque tem lá um desafio para si....é facultativo.

Uma noite tranquila, cheia de luz

Silvana Nunes .'. disse...

Passando outra vez.
Beijo grande.

Tatiana disse...

Olá! Acho que todos em nosso planeta precisam ler as suas palavras.
*
*

Eu fui desafiada e não corri da raia!
Agora é a sua vez de mostrar que também não foge de desafios.
Em meu blog: http://artes-poesias.blogspot.com/
já está postado o meu agora só falta o seu!
Me avise quando postar ok?
Beijos

Maria Emília disse...

Será que alguma vez aprenderemos a escutar os murmúrios da natureza?
Maria Emília

bruxamarytsha disse...

Verdade querida, se aprendessemos a ouvir o silêncio, nos surpreenderíamos com miriades de sons e músicas inseridos dentro dele, beijocas

Pelos caminhos da vida. disse...

"Há corações que param no passado;
e para que isto não
aconteça com você deixo-lhe este
pequeno lembrete, para que o
seu coração, ao mover-se no futuro,
encontre sempre algo no
presente."

Fim de semana de muitas bençãos para todos nós.

beijooo.