quarta-feira, 19 de novembro de 2008

*******Minha vivência como flor*******

Minha vivência como flor
Q
uando penetro mais fundo em meu coração,a-

proximo-me mais de Deus,abro-me como uma
flor e o meu interior fica à mostra,expandindo
a beleza da presença divina a tudo que está ao
meu redor.

Sinto com profundidade toda a paz e o amor
dessa suave presença em mim.
E todo o meu ser entra em êxtase...

Choro lágrimas de agradecimento por tanta
magia,pelo toque sublime de Deus em minha vi-
da.

Nesse momento experimento o desabrochar de
uma flor,mostrando o que de melhor existe den-
tro de mim,a minha natureza divina...

Assimilo nesse instante o que ela sente ao abrir-
-se em amor e oferecimento à vida e aos seres...

E como flor,eu digo:

-Deus estou aqui e te amo!!!

-Obrigada por permitir-me expressar esse amor
que tenho.

-Agradeço poder renascer nesse amor,nem que
seja por breves instantes mas,que pra mim repre-
sentam uma eternidade...

-Morro em amor,na certeza de um novo renasci-
mento,a fim de expressar mais uma vez a tua pre-
sença...

-Reverencio por mais essa oportunidade e vivência,
com um Namaste!!!

Eliane Santoro da Costa
Reflexão-vivência registrada

Um comentário:

Rufina disse...

Ameiiiiiiiiii essa é a expressão viva do amor que você tem, todo o respeito com a natureza, com a vida.beijinhos cheios de amor.